Segunda-feira, 26 de Maio de 2008

As nossas canções intactas

Hoje estive a organizar as sms de um telemóvel, pois ia devolver o aparelho à minha aflhada, quando me apercebi que ainda não tinha guardado uma mensagem de aniversário que eu recebi... Este ano, como tenho o blog, decidi escrevê-la aqui, além de no caderno onde eu costumo guardar estas coisas.

 

 

Não fugir.

Suster o peso da hora.

Sem palavras minhas e sem sonhos,

fáceis e sem outras falsidades.

numa espécie de morte mais terrível.

Ser de mim todo despojado, ser

abandonado aos pés como um vestido.

Sem pressa atravessar a asfixia.

Não vergar.

Suster o peso da hora.

Até soltar sua canção intacta.

                                          C. P.

 

Termino, como terminava a sms: que vocês soltem todas as canções intactas que têm dentro.

 

E já, agora, just for fun, se quiserem adivinhar quem é o C. P.... eu depois confirmo quem é que acertou no autor!

 

 

 

sinto-me: bem disposta
tags: ,
publicado por M. às 00:42
link do post | favorito
De aespumadosdias a 26 de Maio de 2008 às 23:18
Com toda a certeza uma paixão antiga...
De M. a 29 de Maio de 2008 às 23:36
:) quem me enviou a sms foi um grande amigo... CP são as iniciais do autor do poema... :)
beijinhos
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


.mais sobre mim

.Últimas...

. Eu quero, eu quero!!

. Quem é uma menina respons...

. É preciso ir-se ao médico...

. Estou a morrer...

. You are loved, don´t give...

. Sem comentários...

. Sem dúvida!!

. Regra básica: Os homens s...

. Cristovam Pavia

. Maio

.Junho 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
14
15
17
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.pesquisar

 

.tags

. todas as tags

.História

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

contador de visitas
contador de visitas