Terça-feira, 13 de Maio de 2008

...

É impressão minha...

              ou não está Sol?

 

sinto-me:
música: Under the bridge, Red Hot Chilli Peppers
tags: ,
Domingo, 11 de Maio de 2008

Paintball... ou a arte de matar ou ser morto!

Ontem, foi dia de paintball... nunca tinha ido jogar e estava ansiosa por experimentar. Tinha sido aquela marcação que tinha sido adiada por estar a chover no fim de semana dos meus anos, lembram-se? Claro, que a maior parte dos meus amigos que tinham dito que iam, entretanto cortaram-se...(traidores!), mas os que foram acabaram por se divertir bastante. Sim, adorei. Apesar de estar com umas quantas mazelas, uns inchaços, umas nódoas vermelhas (só a partir de amanhã é que devem começar a ficar negras...) e de ter ficado bastante cansada (mais uma nota mental para ir ao ginásio!!)... mas vale a pena.

Como éramos poucos, quando chegámos lá acabámos por jogar contra outra equipa que lá estava e que também tinha sido reduzida. Como éramos 7 e a outra equipa era de 9 pessoas, aceitámos um indivíduo que lá estava sozinho e que queria jogar, a quem nós aplcunhámos carinhosamente de psicopata (hum, eu ainda pensei que ele fosse apenas tímido, mas o resto do pessoal achou que ele andava de certeza a cortar gargantas aos fim de semana à noite...).

A outra equipa não era muito sociável, nem muito simpática. É óbvio que nós não gostamos muito deles... algumas das gajas da equipa deles eram um bocado histéricas (sim, aquilo dói, mas é razão para desatar a chorar, entrar em histerismos e recusar-se a continuar a jogar??? são pessoas assim que dão mau nome às mulheres...). Além de que morriam e continuavam a disparar...

Mas o que é mais importante (sim, além da diversão, blábláblá) , é que nós ganhámos!! Em inferioridade númerica, mas ganhámos!! Em 8 jogos, ganhámos 5!  E houve um que perdemos, porque tivémos fairplay e a outra equipa não... mas enfim, ganhámos! E bem merecíamos! E a maior parte de nós nunca tinha jogado... excepto o psicopata, que tinha equipamento próprio e tudo... mas claramente, não era muito esperto a jogar e era sempre dos primeiros a morrer... além de psicopata, tinha tendências suicidas (ainda bem que a Al-qaeda ainda não descobriu este gajo...).

No final, dividimos a nossa equipa e fizémos uns jogos só entre nós... e foi ainda mais divertido... sem dúvida, que com pessoal conhecido é mais giro. Está-se muito mais à vontade, rimo-nos  mais... e tive um prazer particular em matar duas vezes um grande amigo, com quem ando sempre no picanço e que tinha passado o último mês a gabar-se da quantidade de manchas de tinta que ia colocar na minha roupa... Toma e engole, Peste (alcunha carinhosa pela qual nós nos tratamos!!)!! Mas enfim, num duelo final um a um, entusiasmámo-nos e acabámos a despejar balas em cima um do outro, enquanto corríamos de obstáculo em obstáculo... e sim, houve ali umas quantas balas que doeram mesmo... e até fiquei com o cabelo cor de rosa e engoli tinta (levei umas em cheio na máscara...)... mas enfim, mazelas de guerra... afinal, como nós dizíamos quando éramos miúdos, quem vai à guerra, dá e leva, certo?? O importante é manter o espírito...

 

 

sinto-me: divertida
tags: ,
Terça-feira, 6 de Maio de 2008

Resultado da Campanha do Banco Alimentar

Já agora, aproveito e refiro rapidamente o resultado da campanha... o supermercado pelo qual eu estava responsável, fez 3 119 Kg... mais ou menos a mesma coisa que na campanha do Natal. O total da campanha foi 458 654 Kg...

A nível pessoal, foi um fim de semana muito desgastante... muitas, muitas horas de pé ( e passe a publicidade, os ténis Timberland são realmente confortáveis e próprios para muitas horas de pé!!), acordar cedo... e alguma revolta interna, que aprendi a gerir de modo mais zen... mas ainda me ri bastante e sem dúvida, que fortaleci muitos laços com alguns alunos.

Para o Natal que vem, há mais! E eu, de certeza, que lá estarei.  :)

 

 

sinto-me: cansada

Mais sobre mim...

Há já umas boas semanas que fui desafiada por várias blogfriends a responder a isto...  pois, eu sei que demorei, mas mais vale tarde que nunca, certo??  :)

 

Por isso, aqui vai.

 

Se eu fosse um mês seria... Abril. Porque representa uma altura do ano em que tudo se começa a regenerar e volta à vida. Porque o tempo é incerto e nada monótono, nunca sabemos bem o que esperar amanhã. Ah, e porque faço anos, claro!!  :)
Se eu fosse um dia da semana seria... Sexta-feira, porque é o fim da semana, em que temos sempre imensas expectativas de como é que pode ser os próximos dois dias e esperamos que sejam óptimos!

Se eu fosse um planeta seria... Saturno, porque não consigo sair à rua sem um anel!

Se eu fosse um móvel, seria... sem dúvida uma cama!! Reparem as potencialidades de uma cama... dá para comer, ver televisão, ler, estar na conversa com os amigos, dormir, estar na sorna, etc, etc... (e muitas reticências... lol...)

Se eu fosse um líquido seria... Leite, porque não vivo sem ele.
Se eu fosse um pecado seria... epá, eu dou catequese não devia admitir estas coisas em público... mas pronto, entre a gula e a luxúria... venha o diabo e escolha!!  :)
Se eu fosse uma pedra seria... um diamante (apesar de ser um mineral e não uma rocha! depois não digam que este blog não é educativo!). Porque sei que sou resistente... porque adoro o seu simbolismo.

Se eu fosse um metal seria... o ouro, branco de preferência ou a prata...porque sou alérgica a tanta coisa e a estes não! Ah, e porque adoro jóias... :)
Se eu fosse uma árvore seria... uma sequóia... porque sempre fiquei fascinada com árvores que já viveram tantos milhares de anos e viram o alvorecer da Humanidade...

Se eu fosse um fruto... cerejas... porque adoro cerejas! principalmente, aquelas vermelho-escuras...hummm... ainda bem que está quase na época delas.

Se eu fosse uma flor ou planta seria... uma orquídea, porque as adoro, porque são algo frágeis (ou melhor esquisitas!) e porque me trazem muito boas recordações...

Se eu fosse um clima seria... cheio de sol e quente...porque, pelo menos, é isso que eu tento transmitir aos outros.

Se eu fosse um instrumento seria... um violino... porque sempre adorei o som... porque sempre quis aprender a tocar... e um dia, ainda o hei-de fazer!
Se eu fosse um elemento seria... Fogo... sem dúvida, por várias razões... como por exemplo, o facto de sentir tudo muito intensamente e de tentar viver de modo apaixonado.

Se eu fosse uma cor seria... o branco, porque se decompõe nas outras todas...  :) e eu sou colorida!

Se eu fosse um animal seria... um golfinho... porque gosto de brincar, de estar com as pessoas de quem eu gosto e porque me imagino horas e horas dentro de água.
Se eu fosse um som seria... uma gargalhada. Estou sempre a rir (e a chorar também!).

Se eu fosse uma letra de uma música seria... muitas... e tou demasiado cansada para isso... mas reconheço que, como a Xana (uma das amigas que me passou o desafio), identifico-me muito com a letra do Vulnerable dos Roxette... a primeira vez que ouvi pensei "Eu podia ter escrito isto!".
Se eu fosse uma música seria... as quatro estações de Vivaldi... principalmente, o alegro e o adagio da Primavera (espero ter escrito aquilo bem!)

Se eu fosse um estilo de música seria... Qualquer coisa que eu pudesse cantar e dançar...  :)

Se eu fosse um perfume seria... johnson´s para bebés... aquele cheiro traz sempre boas recordações, não é? (confesso que tenho um frasco na casa de banho e que de evz em quando ponho quando vou dormir... lol... a sério, é óptimo!)

Se eu fosse um sentimento seria... O amor, em todas as suas vertentes. Porque acho que é o fio condutor da minha vida. Porque é a base das minhas relações com os outros. Porque acho que nenhum sentimento pode ser mais importante.

Se eu fosse um livro seria... O principezinho... porque nunca me canso de o reler. porque é tão simples e tão profundo... e porque adoro ovelhas!!  :)

Se eu fosse uma comida seria... uma sobremesa, claro!! Talvez um leite-creme... doce e cremoso...
Se eu fosse um lugar seria... Uma falésia com vista para o mar. Ou uma floresta no meio de uma serra, com um ribeiro.
Se eu fosse um gosto seria... doce, com certeza! afinal, já toda a gente percebeu que eu sou gulosa, certo? Além de que sou um doce de pessoa...  :)

Se eu fosse um cheiro seria... o cheiro do pão quente que a minha avó fazia...  saudades... 

Se eu fosse uma palavra seria... esta é difícil... sou tanta coisa... humm... utópica. sim, sou claramente utópica... e sinceramente... espero continuar sempre a ser... é sinal que tenho fé e esperança em coisas melhores.

Se eu fosse um verbo seria... Sorrir... porque é o meu estado natural!

Se eu fosse um objecto seria... um livro escrito ou em branco. porque adoro ler... e porque sempre senti necessidade de registar coisas. 
Se eu fosse uma roupa seria... uma écharpe ou um cachecol, porque são absolutamente indispensáveis... até porque eu tenho sempre muito frio no pescoço...

Se eu fosse uma parte do corpo seria... o coração... porque sempre me deixei seguir mais por aquilo que eu sinto, do que pela razão...

Se eu fosse um desenho animado seria... lol... ninguém se vai lembrar disto, mas seria uma feiticeira, que eu não recordo o nome, de uns desenhos animados que davam há muiiito tempo e que a música era "b-a-b-e-ba-be, b-i-ba-é-bi..".. ou então, a Ana dos cabelos ruivos! Ou o Dartacão, versão feminina, claro!

Se eu fosse um filme seria... O Serendipity... porque gosto de acreditar em histórias de amor improváveis... o Clube dos Poetas Mortos, porque me ensinou muita coisa a primeira vez que o vi... A primeira trilogia da Guerra das Estrelas... porque fez de mim uma parte do que eu sou.

Se eu fosse uma forma seria... em ziguezague... posso não ir a direito, posso até parecer que volto atrás... mas estou sempre a querer olhar em frente.

Se eu fosse uma estação seria... A Primavera. Pelas razões que já referi quando respondi ao mês e porque a temperatura (normalmente!!) ainda não é muito quente!

Se fosse uma frase seria... vou ver qual tenho no msn agora... cá está "Podemos ser apenas uma gota num oceano, mas o oceano sem essa gota, fica mais pequeno." da Madre Teresa de Calcutá. Porque acho que é um grande lema de vida. Porque nos ensinar a tentar fazer sempre a diferença.

Agora, todos os que o quiserem fazer e darem-nos um bocadinho mais de vocês, força!!

 

sinto-me: nem sei bem
música: Vulnerable, Roxette
tags: ,
Terça-feira, 29 de Abril de 2008

Voluntariado?! Só se não atrapalhar!!

Este fim de semana é a campanha do Banco Alimentar, que eu costumo organizar no colégio. Desta vez, isto está um bocadinho mais complicado, porque os meus caríssimos colegas não se disponibilizam para fazer umas 2 horinhas no supermercado... E como é óbvio, tem que lá estar sempre um professor... Tenho 5 ou 6 pessoas inscritas, num universo de docentes e funcionários de 200 pessoas!! Há sempre poucos voluntários (na minha opinião!), mas costuma ser à volta de 15-20... agora 6??!! Isto numa escola de cariz católico, em que a vertente da solidariedade é muito vincada... (pois, certo, isto é o que é bonito dizer-se... agora agir de acordo com isso...).

 

E isto significa o quê? Que como eu sou a responsável (fixe!!), tenho de assegurar todos os turnos... ou seja, tenho de lá estar... muitas horas no sábado e muitas horas no domingo!! Sim, eu sei, que há testes para fazer, testes para corrigir (hellooo, eu também tenho, eu também dou aulas!!), que no Domingo é dia da mãe (sim, eu não almoço com a minha mãe neste dia desde que comecei a fazer as campanhas do BA, há 4 anos...), sim, eu sei... mas custa assim abdicar de 2 horas do fim de semana para lá estar? Custa?? Pois, pelos vistos custa...

Fico mesmo, mas mesmo irritada com este tipo de atitudes... Eu sei que fui eu que me meti nisto e não é por isso que me estou a queixar. Se tiver de lá passar os dois dias, passo! Adoro fazer voluntariado. Sempre fiz e até acho que faço menos que aquilo que devia fazer (coisa a resolver em breve...). Mas a hipocrisia e o egoísmo dos meus colegas... deixa-me mesmo irritada!!

Portanto, estou a aceitar inscrições para massagens no domingo à noite...(sim, porque devo estar cá com uma dor de pernas, de estar tantas horas de pé...).

 

 

sinto-me: irritada
Quarta-feira, 23 de Abril de 2008

Vários...

Tenho andado bastante ocupada, por isso nem contei ainda como tinha sido os (intensos) festejos do meu trigésimo aniversário... Prometo, que fica para este fim de semana prolongado (raios, ainda falta um dia...). 

 

Mas só para terem uma ideia... tenho quatro revistas femininas, sim daquelas nada pretensiosas,  à espera de serem lidas... e eu que normalmente, devoro estas revistas! Nem isso tenho feito... Mas também porque os meus momentos de leitura, têm sido dedicados ao livro "Ps: Eu amo-te".

Eu não fui ver o filme (mas depois não vai falhar o aluguer do dvd) e o livro foi-me recomendado pelo Nelson (de quem eu vou passar a dizer muito bem neste blog, pois ele já o descobriu!!  :P ). E se ele diz que eu vou adorar um livro, é porque eu vou adorar mesmo... e tinha toda a razão! Tenho chorado (bastante... o pacote de kleenex é indispensável na mesa de cabeceira), tenho rido às gargalhadas a imaginar as cenas... é uma história de amor sem um final feliz (porque o início é demasiado triste...), mas ao mesmo tempo é feliz.  E é uma história de amor. E todos nós queremos uma história assim. Com cartas de amor e tudo.

Por isso, recomendo vivamente e nem sequer é um livro muito caro. Uma boa leitura para este fim de semana.

 

Aproveito para colocar também este vídeo...

Não, não é um vídeo cómico... até diria que é um vídeo familiar! Pois o miudo de camisola às riscas do lado direito a tocar guitarra... é o meu priminho!!

E pensar que lhe mudei fraldas (algumas delas mesmo muito mal cheirosas, como faço questão de o estar sempre a lembrar... eu sei que sou mazinha...), passei dias a tomar conta dele, houve inclusivamente uma altura em que adormecia melhor comigo do que com a minha tia... E as horas de lanche, com papa cerelac?? Aiii, que saudades... como eu adoro cerelac... já estou aqui a salivar...   Mas calma, eu não comia tudo, eu deixava alguma coisa para ele!!! 

E agora lá está ele... armado em rock star... pelo menos, é o que eu lhe digo, sempre dá para engatar umas miúdas (sim, pronto, eu confesso, o meu primeiro namorado também tocava guitarra...e o segundo... hmmm...agora que penso nisto... eles tocavam todos guitarra!!)!  Sim, o dedicarem-nos músicas ou tocarem para nós... funciona quase sempre!!

Agora, estes miúdos têm é de melhorar um bocadinho...

 

 

 

 

sinto-me: bem disposta
música: a do primo, claro!
tags: ,
Domingo, 20 de Abril de 2008

Engatatões do volante

Gostava que alguém me explicasse (caros leitores com cromossoma Y, aproximem-se!!) por que é que uma gaja sozinha num carro, principalmente à noite, é tão assediada??

Sim?? Há alguma razão especial? Do tipo, sou macho e estou ao volante (testosterona ao máximo) por isso não há fêmea que me resista?

É que aquelas acelaradelas quando estamos parados nos semáforos, a pose à piloto de ralis,  o sorriso  engatatão, os sinais de luzes, as ultrapassagens rasantes seguidas de travagens (que além do mais são perigosas!), o seguirem-nos... sinceramente, mas há quem caia nisto??

Acham o quê? Que uma gaja pára o carro e desata a dizer "Sim, sim"??

É que é mesmo irritante... e é muito frequente, quer em Lisboa, quer na autoestrada!! Por isso, acho que deve ser mal de toda a comunidade masculina.... E só vos dá um ar de absolutamente tarados...

sinto-me: grrrr...
Sábado, 19 de Abril de 2008

Lei de Murphy, obviamente!!

Lá está... faz uma miúda 30 anos... e decide que não vai entrar em depressões com o assunto, mas que vai aproveitar o máximo do assunto. Até numa de espírito de contradição, pois os amigos andam todos de neura com o assunto...

Assim, vai uma miúda ao cabeleireiro arranjar um novo look, faz manicure e pedicure, depilação, roupa nova para usar, até vai ao spa!! Tudo para estar o máximo no dia de anos...
Para no próprio dia de anos, aparecer o impensável... duas borbulhas no nariz!!
LOOOL... eu nem queria acreditar! Sinceramente... não tinha uma borbulha mais visível há uns tempos... tinha de ser ontem?? E cremes? Cremes que prometem funcionar em 24h? Esqueçam!! É mentira! Viva o corrector de imperfeições e a base... que ontem foram os meus melhores amigos... mas mesmo assim, o nariz é sempre o nariz...
O que vale é que, apesar dos comentários mauzinhos (pura inveja!) dos meus queridos amigos, estas coisas dão-me para rir... Mas acho bem que estas imperfeições desapareçam até logo à noite... ou pode ser que as luzes da noite disfarcem isto melhor...

Depois, para combater esta onda de negativismo dos 30 que andar a assombrar alguns dos meus amigos, decidi organizar uma megaparty. Sim... acho que há casamentos com menos convidados...
Então, o plano das festas era uma tarde diferente a jogar paintball (que melhor maneira de começar os 30 do que a dar tiros aos os meus amigos, num verdadeiro espírito de grupo??) ,seguido de um jantar num dos meus restaurantes preferidos de Lisboa e onde costumo organizar os jantares e almoços...
Primeiro, não me queriam aceitar a reserva para tanta gente... o limite era grupos de 35... Tive de usar todo o meu charme e simpatia para os convencer que 42 pessoas era só mais 7! E que eu fazia mesmo muita questão que fosse ali... que já era uma tradição... Mas lá consegui... (eu admito, sou muito boa neste tipo de conversações... herdei do meu pai - que é advogado - uma boa capacidade de argumentação, que apurei ao longo dos anos em inúmeras discussões com ele...).

Segundo, é óbvio para todos!! O TEMPO!! Quando começou a chover há 2 semanas, eu nunca achei que estivesse mau tempo hoje... sempre afirmei que o tempo ia estar bom para o paintball... Sempre acreditei. São os meus anos. Tinha fé... Pois!! Ontem vi-me forçada a adiar o jogo... para um fim de semana a definir logo à noite, entre todos (sim, porque para fazer a reserva, tive de pagar um x de entrada, que não foi assim tão pouco...)
 
Lá está... Lei de Murphy, nunca falha... o que pode correr mal, corre!!

Mas, enfim, logo à noite, vingo-me... 

E aproveito a tarde para ir com calma para Lisboa e estar com amigos que não via a algum tempo... Como diriam os Monthy Python... "Always look on the bright side of life..."


Depois respondo aos vossos comentários... estou no computador do meu mano, que está quase a recorrer à violência para me tirar daqui... e, apesar de o facto de ele ser mais forte que eu, normalmente não me assustar, já tenho borbulhas, não preciso de mais marcas para logo!!

Ah, e fiquei bastante admirada e feliz com o destaque SAPO ontem... no meu dia de anos...  Mais uma boa supresa, num dia cheio delas (que eu depois conto! algumas, pelo menos...).


sinto-me: Feliz e bem disposta
música: Here comes your man
tags:
Sexta-feira, 18 de Abril de 2008

Na esquina...

Os trinta já não estão ao virar da esquina...

E agora?

Grande dúvida existencial...

Será que devo mudar o nome ao blog???

 

sinto-me: bem
música: Amazing do Seal
tags: ,
Terça-feira, 15 de Abril de 2008

Ritual de equilíbrio das águas...

E perguntam vocês "O que é que é isso??".

 

Foi o que eu e a minha amiga J. (de quem já falei aqui) fomos descobrir. Tínhamos marcação para as 19h30, num spa na 5 de Outubro.  Chegámos divertidíssimas e cheias de curiosidade a imaginar o que poderia ser. Tinham-nos dito por telefone que o obkectivo deste tratamento era o relaxamento da mente e do corpo... Hmmm... nós bem precisamos... 

Começámos por uma visita ao espaço, que estava realmente fabuloso. Muito oriental, muito a convidar à meditação e à tranquilidade.

 

Chegámos a uns balnerários giríssimos, todos em pedra e madeira, onde vestimos o fato de banho e o robe megaconfortável emprestado por eles e preparámos para ir equilibrar as nossas águas.

 

Encaminharam-nos para uma divisão fantástica, cheia de mini piscinas e jactos de água por todo o lado. Tivémos a sorte de aquilo estar vazio e de termos o espaço todo só para nós. Começámos por um banho de hammam, que é tipo banho turco, mas com umas essência no ar óptimas. Estivémos lá uns 15 minutos, a libertar toxinas e a pôr a conversa em dia. Sentíamo-nos como num filme, em que eles estão nas saunas a conversa... o máximo!

Depois, tínhamos de tomar um duche de água fria, para reactivar a circulação... escusado será dizer que esta parte já não foi muito engraçada... a água estava mesmo fria!!

 

O passo seguinte era atravessa um caminho onde inúmeros jactos de água quente e fria nos batiam nas pernas e pés... a parte pior era que tínhamos de andar por cima de seixos da praia!! Pois, nós cinderelas de pés sensíveis, não achámos muita piada (aquilo doía imenso, não estava a relaxar nada!!), por isso decidimos fazer batota e calçámos os chinelos... e aí sim, aquilo soube mesmo bem!!

 

Etapa seguinte: as mini piscinas!! A primeira tinha uns jacuzzis fabulosos, com jactos de água em todos os sentidos e uma cascata fenomenal para estar debaixo...  Tive à vontade mais de 20 minutos em cima de um jacuzzi... aqueles jactos nas costas e na base da nuca...huummm... Quero mais!!

Para terminar, a piscina com sais do mar Morto, para se flutuar e descontrair... fantástica... muito zen, mesmo... estar ali deitada em cima da água, sem fazer esforço nenhum, a sentir o cabelo espalhado à volta da cabeça e a água aquecida a envolver-me o corpo...  sentia todas as preocupações a libertarem-se para a água por osmose... Eu não queria mesmo sair... mas aquilo fechava às 21h e ainda tínhamos de tomar banho!

Saímos completamente com os sentidos relaxados... foi mesmo muito bom. E ser com a J. ainda fui melhor... deu para rir (sem dúvida que quando estamos juntas, há sempre uma aventura qualquer) e conversar. E planear muitas mensagens para enviar à S., que não pode ir e que vai morrer de inveja....

 

 

E agora, perguntam vocês, que também estão aí todos invejosos: "Quanto é que foi? também quero!!". Pois, meus queridos amigos, foi GRÁTIS!! Sim, de borla!!  Como??? É simples, aproveitámos um voucher que veio com a revista Gingko, que saiu este mês. Pois, quem manda não estarem atentos a estas coisas??

Vá, para o mês que vem comprem a revista, pode ser que saia outra coisa do género e a revista até é gira e interessante.

Bem, hoje recuso-me a trabalhar à noite... vou para a cama ler e beber um chá. Para ser mesmo uma noite zen...

 

 

Ah, e eu confesso que fizémos outra batota... havia uma parte para cobrir o corpo de gelo, mas nós saltámos essa... o gelo era frio!! 

 

 

sinto-me: zen
música: o barulho das ondas...

.mais sobre mim

.Últimas...

. Eu quero, eu quero!!

. É preciso ir-se ao médico...

. Estou a morrer...

. You are loved, don´t give...

. Sem dúvida!!

. Regra básica: Os homens s...

. Cristovam Pavia

. Maio

. As nossas canções intacta...

. A Vida não é existir sem ...

.Junho 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
14
15
17
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.pesquisar

 

.tags

. todas as tags

.História

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

contador de visitas
contador de visitas