Sábado, 17 de Novembro de 2007

Para o A.

O A. casou-se hoje. Casou-se... Isto é para ele.

 

Ainda não digeri bem a notícia, desde que me telefonaste há um mês a dizer.

Já passaram 2 anos desde a última vez que nos vimos, quase 4 desde que acabámos, mas sinto um apertozinho cá dentro. Olho para o nosso anel de noivado (que tu não quiseste de volta, alegando que era meu e só meu) e penso como deixámos que infantilidades e orgulhos tolos se metessem no meio de nós... E mesmo a nossa segunda oportunidade (aquele fim de semana fabuloso, em que não nos víamos há um ano e meio e parecia que nos tínhamos despedido no dia anterior...), foi desperdiçada. Primeiro por ti, que agiste de modo imaturo e inseguro, posteriormente por mim, que fiquei magoada e entretanto tinha conhecido outra pessoa...

Somos a prova viva que as pessoas podem-se amar, mas não dar certo...Mas a culpa foi só nossa. Não tentámos o suficiente. Desistimos logo. Quando o que sentíamos um pelo outro, merecia muito mais. Eu sei disso, tu sabes disso.

Consola-me saber que a nossa história serviu para crescermos, para não voltarmos a cometer os mesmos erros. Pelo menos é o que se passa comigo.

Ontem enviei-te uma mensagem a desejar-te as maiores felicidades do mundo. Acrescentei, em jeito de fim, que poderás sempre contar com o meu sorriso e que serás sempre um grande bocado do meu coração. O que nós vivemos não se esquece, passa a ser uma linha intrínseca da nossa alma. E de vez em quando, ainda ouço a tua voz  rouca a sussurar-me ao ouvido "Ti amo, principesca" ou quando olhavas para mim, com um ar apaixonado e dizias "Tu enches-me completamente as medidas".

 

Que sejas muito feliz, A.! Mereces!

 

sinto-me: nostálgica
música: Sad eyes do Bruce Springsteen
publicado por M. às 19:37
link do post | Estavas a dizer... | favorito
|
14 comentários:
De Miss Pepper a 17 de Novembro de 2007 às 21:44
As pessoas que passam pelas nossas vidas marcam-nos sempre de alguma forma.
A mim parece-me que a vossa história de amor não ficou resolvida, embora ele se tenha casado hoje.
Espero que estejas bem e que encontres a tua felicidade.

Uma beijoka!
De M. a 18 de Novembro de 2007 às 11:02
Pois, talvez não tenha ficado totalmente resolvida, mas as nossas opções fizeram com que ficasse. Foi muito importante para mim, mas eu estou bem, obrigada.
Foram uns momentos de nostalgia, talvez por sentir que se tinha encerrado completamente um capítulo e que ele tinha seguido em frente. Aquelas coisas... :)
Beijinhos.
De catia a 18 de Novembro de 2007 às 15:13
Está profundo o post, espero nunca vir a ter um amor mal resolvido!
De M. a 18 de Novembro de 2007 às 20:53
Obrigada (acho eu...). :)
Não considero o A. um amor mal resolvido, penso mais nele como um amor que nunca vou esquecer. Daqueles grandes amores que nos marcam para sempre.
Beijinhos e volta sempre.
De justme_nina a 18 de Novembro de 2007 às 19:32
oi!

Ao ler o teu post, acho que fiquei um bocadinho triste! Afinal, parece que sempre idealizamos uma coisa perfeita e de preferência não queremos ficar assim ... presas a algo.... nem que seja uma lembrança...mas, a maior parte das vezes acontece!

"Cada um que passa em nossa vida , não passa sozinho! Deixa um pouco de si e leva um pouco de nós..."

Quanto ao post dos "30 anos e solteira" , sei bem qual é essa sensação mas o importante é a esperança de que um dia tudo muda, não é?!

kiss's e gostei do teu blog!
De M. a 18 de Novembro de 2007 às 20:49
Não quero que fiques um bocadinho triste! É verdade que nós idealizamos muitas vezes as relações e pode ser um erro, se nos impedir de ficarmos valorizar o que temos.
Não existem homens perfeitos, existem é homens perfeitamente imperfeitos! :)
Em relação ao A., não me sinto presa à lembrança..Não me impediu de continuar a viver e de me apaixonar por outra pessoa... Mas ele está presente, naquilo que deixou em mim e no que me fez crescer.
E sim, temos de ter uma atitude positiva! :)
Beijinhos e volta sempre.
De wings a 18 de Novembro de 2007 às 22:32
Honestamente gostei do post, apesar de pertencer ao grupo dos imperfeitos, penso que todos temos algures no tempo, um amor que nos marcou para sempre, e que, de uma forma ou de outra ficou mal resolvido, mas aprendemos a viver com ele, e crescemos imenso depois dele.
Gostei muito!
De M. a 18 de Novembro de 2007 às 23:55
Obrigada. :)
Sintetizaste muito bem aquilo que sinto. Agora vou espreitar o teu blog.
Beijinhos e volta sempre.
De Lil a 19 de Novembro de 2007 às 12:27
e porque sera que a nossa vida nunca é um filme? simples, de final feliz e espectavel? em vez disso temos a supresa do dia a dia...
De M. a 19 de Novembro de 2007 às 20:59
Vamos pensar que se fosse assim também era monótono... as surpresas do dia a dia também dão emoção à nossa vida!! :)
beijinhos
De eu a 19 de Novembro de 2007 às 16:24
:( como te compreendo... às vezes achamos que está resolvido, mas afinal... ficou tudo em aberto. Até pode ter acontecido seguir cada uma a sua vida, e aparentemente sermos felizes, mas em momentos menos bons as saudades do amor, daquele amor, batem forte!
beijinhos
De M. a 19 de Novembro de 2007 às 21:04
É exactamente isso... :) Temos é de pensar que se as opções foram tomadas dessa maneira era por alguma razão.. Às vezes, endeusamos as pessoas do passado só porque a nossa relação actual não é o que desejamos...
Beijinhos
De Inconstância a 21 de Novembro de 2007 às 11:57
Obrigada por conseguires dizer tudo aquilo que já senti! Até apareceu uma lágrima... Beijo e tudo de bom para ti!!!
De Ribatejana a 31 de Março de 2008 às 15:19
:(

Já passei por algo parecido. Custa!!!! Dizes que a tua história não está mal resolvida.. eu tenho uma ou duas mal resolvidas e são uma autêntica pedra no sapato. Fica sempre lá uma réstea de tristeza ou mágoa quando penso nisso.

Comentar post

.mais sobre mim

.Últimas...

. Eu quero, eu quero!!

. Quem é uma menina respons...

. É preciso ir-se ao médico...

. Estou a morrer...

. You are loved, don´t give...

. Sem comentários...

. Sem dúvida!!

. Regra básica: Os homens s...

. Cristovam Pavia

. Maio

.Junho 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
14
15
17
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.pesquisar

 

.tags

. todas as tags

.História

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

contador de visitas
contador de visitas