Terça-feira, 15 de Abril de 2008

Ritual de equilíbrio das águas...

E perguntam vocês "O que é que é isso??".

 

Foi o que eu e a minha amiga J. (de quem já falei aqui) fomos descobrir. Tínhamos marcação para as 19h30, num spa na 5 de Outubro.  Chegámos divertidíssimas e cheias de curiosidade a imaginar o que poderia ser. Tinham-nos dito por telefone que o obkectivo deste tratamento era o relaxamento da mente e do corpo... Hmmm... nós bem precisamos... 

Começámos por uma visita ao espaço, que estava realmente fabuloso. Muito oriental, muito a convidar à meditação e à tranquilidade.

 

Chegámos a uns balnerários giríssimos, todos em pedra e madeira, onde vestimos o fato de banho e o robe megaconfortável emprestado por eles e preparámos para ir equilibrar as nossas águas.

 

Encaminharam-nos para uma divisão fantástica, cheia de mini piscinas e jactos de água por todo o lado. Tivémos a sorte de aquilo estar vazio e de termos o espaço todo só para nós. Começámos por um banho de hammam, que é tipo banho turco, mas com umas essência no ar óptimas. Estivémos lá uns 15 minutos, a libertar toxinas e a pôr a conversa em dia. Sentíamo-nos como num filme, em que eles estão nas saunas a conversa... o máximo!

Depois, tínhamos de tomar um duche de água fria, para reactivar a circulação... escusado será dizer que esta parte já não foi muito engraçada... a água estava mesmo fria!!

 

O passo seguinte era atravessa um caminho onde inúmeros jactos de água quente e fria nos batiam nas pernas e pés... a parte pior era que tínhamos de andar por cima de seixos da praia!! Pois, nós cinderelas de pés sensíveis, não achámos muita piada (aquilo doía imenso, não estava a relaxar nada!!), por isso decidimos fazer batota e calçámos os chinelos... e aí sim, aquilo soube mesmo bem!!

 

Etapa seguinte: as mini piscinas!! A primeira tinha uns jacuzzis fabulosos, com jactos de água em todos os sentidos e uma cascata fenomenal para estar debaixo...  Tive à vontade mais de 20 minutos em cima de um jacuzzi... aqueles jactos nas costas e na base da nuca...huummm... Quero mais!!

Para terminar, a piscina com sais do mar Morto, para se flutuar e descontrair... fantástica... muito zen, mesmo... estar ali deitada em cima da água, sem fazer esforço nenhum, a sentir o cabelo espalhado à volta da cabeça e a água aquecida a envolver-me o corpo...  sentia todas as preocupações a libertarem-se para a água por osmose... Eu não queria mesmo sair... mas aquilo fechava às 21h e ainda tínhamos de tomar banho!

Saímos completamente com os sentidos relaxados... foi mesmo muito bom. E ser com a J. ainda fui melhor... deu para rir (sem dúvida que quando estamos juntas, há sempre uma aventura qualquer) e conversar. E planear muitas mensagens para enviar à S., que não pode ir e que vai morrer de inveja....

 

 

E agora, perguntam vocês, que também estão aí todos invejosos: "Quanto é que foi? também quero!!". Pois, meus queridos amigos, foi GRÁTIS!! Sim, de borla!!  Como??? É simples, aproveitámos um voucher que veio com a revista Gingko, que saiu este mês. Pois, quem manda não estarem atentos a estas coisas??

Vá, para o mês que vem comprem a revista, pode ser que saia outra coisa do género e a revista até é gira e interessante.

Bem, hoje recuso-me a trabalhar à noite... vou para a cama ler e beber um chá. Para ser mesmo uma noite zen...

 

 

Ah, e eu confesso que fizémos outra batota... havia uma parte para cobrir o corpo de gelo, mas nós saltámos essa... o gelo era frio!! 

 

 

sinto-me: zen
música: o barulho das ondas...
publicado por M. às 22:37
link do post | Estavas a dizer... | favorito
|
9 comentários:
De aespumadosdias a 16 de Abril de 2008 às 00:28
Batoteira. Saltando etapas não se consegue alcançar todos os objectivos. E quanto custa repetir a experiência?
De um dos de mim a 16 de Abril de 2008 às 00:31
A única coisa que te safa, é o facto da descrição estar tão perfeita, que quase que dá para sentir os aromas... o frio yin e o yang quente...
No entanto, requer a população dos de mim, que fique prometida uma nova jornada pelo ritual das águas, mas desta feita, com a leve dor da ausência dos chinelos e com gélidas passagens de cubos que provavelmente acabarão em esferas...

Especialmente a dos seixos...

Bjs!
De Lil a 16 de Abril de 2008 às 10:45
fantastico! e se com batota foi bom, imagino sem batota :)
De estrelaquebrilha a 16 de Abril de 2008 às 14:33
Hum parece que senti só ao ler :)
bj
De espaço da raquel a 16 de Abril de 2008 às 19:11
acreditas que senti tudo no meu corpo só de ter lido o teu post, ahhhhhhhhh, maravilhoso mesmo, onde a nossa cabeça e espirito nos podem levar......
fico contente que tenhas gostado.
e obg por me fazeres sentir tb um pouco de paz.

De xana a 16 de Abril de 2008 às 23:54
Pah eu também quero!
beijinho
De Cacau a 17 de Abril de 2008 às 08:55
Só por essa tua descrição... fabuloso! E eu que não conhecia a revista! mas obrigada pela dica! bjocas!
De angelasoeiro a 17 de Abril de 2008 às 10:26
Eu também quero!
Vou comprar essa revista! Já agora fala de quê?
De coisas_de_gaja a 17 de Abril de 2008 às 21:00
Já fiz a experiência do gelo e adorei. Recomendo, não custa nada!!

Comentar post

.mais sobre mim

.Últimas...

. Eu quero, eu quero!!

. Quem é uma menina respons...

. É preciso ir-se ao médico...

. Estou a morrer...

. You are loved, don´t give...

. Sem comentários...

. Sem dúvida!!

. Regra básica: Os homens s...

. Cristovam Pavia

. Maio

.Junho 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
14
15
17
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.pesquisar

 

.tags

. todas as tags

.História

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

contador de visitas
contador de visitas