Sexta-feira, 30 de Novembro de 2007

Fobias...

Tenho um amigo que vai correr às 5h da manhã para o estádio universitário (sim, eu sei que ele é louco, já lho disse várias vezes), que salta de páraquedas frequentemente, que é maníaco por corridas de karts, desce montanhas de bicicleta, adora rafting e afins e hoje confessou-me, no meio de uma conversa, que detestava ir ao oftalmologista, porque tinha verdadeiro pavor dos exames que eles fazem...  sim, aqueles exames em que nos sentamos numa cadeira e temos de ler umas letrinhas que estão na parede em frente...

É escusado dizer que eu me parti a rir e que esta conversa abriu todo um novo precendente de bocas e gozo...

Há fobias estranhas, não há?

 

sinto-me: gozona

Limpeza de pele

Hoje fui fazer uma limpeza de pele. Nunca tinha feito nenhuma e achei que estava a precisar. Apesar dos meus vários cuidados com a pele, tenho andado com algumas borbulhas e pontos negros, que para os outros mal se notam, mas a mim irritam-me imenso. Até porque eu tenho cuidado, limpo e hidrato e a pele!! Já agora, que tal partilharem os vossos segredos de beleza? Preciso de comprar um creme de noite, um leite e um tónico e se aconselharem marcas e produtos... sempre são opiniões válidas, da experiência que vocês têm e tornamos este blog mais útil! 

 

 Passei a adolescência sem uma uma crise de acne, a ser a inveja das minhas amigas porque não tinha borbulhas e agora, quase a chegar aos 30... sinceramente!

Mas a limpeza de pele soube-me mesmo bem... doeu um bocadinho, é verdade... mas sinto a pele muito mais limpa e macia. E em vez de ter a menina a espremer seja o que for, usaram uma máquina de ultrasons... muito high tech!! E o cheirinho da máscara? Hmm...hmmm... meninas, mimem-se, pelo menos de vez em quando! Nós merecemos!  :)

 

Agora, estou aqui a fazer testes para as criancinhas e a preparar a campanha do Banco Alimentar deste fim de semana. Sou uma das responsáveis do supermercado do Pingo Doce da Av. dos Estados Unidos da América...por isso, já sabem, se quiserem contribuir, não se esqueçam!

 

E estão a ver? Desta vez não venho para aqui falar de comida saborosa...  pode-me sempre é escapar o delicioso pastel de massa tenra que jantei na Frutalmeidas do Residence e das pipocas que tenho estado a petiscar enquanto faço o teste... 

 

sinto-me: estilosa :)
tags:
Quarta-feira, 28 de Novembro de 2007

Crepes...

Acabadinha de chegar do Fonte Nova, onde saboreei um crepe com uma bola de gelado de caramelo... Hmmm... tão bom.... hmmm...  foi mesmo só para vos fazer inveja!! 

Sou mesmo gulosa... mas reparem que eu pedi simples!! Sem chantilly, nem topping, nada... só a bola de gelado...ou seja, fui bastante comedida! (não vou é dizer que roubei chantilly e topping do crepe que o T. tinha pedido...)

Só pelo meu esforço e controlo da gula, as calorias que não ingeri deviam ser descontadas do organismo!

Depois não admira que tenha de ir andar horas para o estádio universitário!! Mas reparem, o treino de Domingo foi tão eficaz , que ainda hoje me doem os gémeos e ontem mal conseguia mexer os músculos da barriga, devido aos abdominais que fiz!

 

 

sinto-me: mazinha :)
tags:
Terça-feira, 27 de Novembro de 2007

Sapos e mais sapas

Devido aos posts de grande inspiração que li aqui, lembrei-me desta música... Aposto que muitos de vocês se lembram também...  :)

Por isso, hoje proponho um regresso à nossa infância, em que tudo é mágico e a fé no futuro inabalável.

 

Além de que  a mensagem da música é muito natalícia!! E o Rupert é sempre o Rupert...  :)

 

Que vos deixe a vocês tão bem dispostos, como me deixa a mim... Confesso que, de vez em quando, até vem uma lágrimazinha ao canto do olho... deve ser a nostalgia!!

 

 

 

 Agora vou fazer o jantar...gnocchis com molho de cogumelos e linguiça soa bem?  :)

 

 

sinto-me: bem disposta
música: We all stand together
tags:

Stôra, dá-me uma mãozinha?

Inspirada num post da Cátia, decidi contar-vos um dos meus momentos mais pitorescos como professora... se  pitoresco é uma palavra adequada para se usar neste caso...


Aqui há dois anos, fui dar aulas para um Centro Educativo da região de Lisboa. Não sei se sabem o que é um Centro Educativo, mas é um local onde os adolescentes que cometem crimes ficam até aos 18 anos. É uma espécie de "reformatório". Eu e os meus colegas fomos lá parar através do concurso normal de professores, sem qualquer escolha no caso.
Aquilo era um local complicado, com muitas regras... os guardas na porta, as grades da janela, o ter de recolher os lápis e canetas e verificar se os alunos não ficavam com nenhum... e os miúdos? Estavam lá pelas mais variadas razões, desde homicídios, a violações, líderes de gangs, roubos...


A meio do ano chegou o André. Com 16 anos, era bem maior que eu e tinha a mania que era engraçado. Achou-me piada e passava as aulas todas a chatear-me com comentários do género "Ai, stôra, esses seus lábios!" (deixei de pôr batom ou gloss à custa disso) ou "Stôra, dê-me só um beijo, só um beijinho"..imaginem...duas horas numa aula sempre a ouvir estas coisas... E quando eu me virava para o quadro? Era ouvir arfar atrás de mim...sentia-me como um bife em frente de um cão faminto...


Um dia, o André levanta-se a meio da aula (eles são obrigados a usar sempre um fato de treino idêntico) com uma bruta erecção...daquelas que não dá para disfarçar que não vemos... e pergunta "Stôra, já viu o estado em que me deixa? Não me quer dar uma mãozinha? (e sorri para mim) Ou então deixa-me ir à casa de banho...". O resto da turma desatou a rir.
Achei que não devia dar parte de fraca ou de incomodada e nunca fui de me chocar muito com estas coisas, por isso virei-me muito calma e respondi "Podes ir à casa de banho, André. (esperei uns segundos e acrescentei) Mas não te esqueças de lavar as mãos antes de voltares!". Desatou tudo a rir.
O André lá foi, meio chateado por aquilo não ter tido o impacto em mim que ele esperava. Eu fiquei com uma história para contar aos meus amigos.

 

O que eu não acho correcto é que não temos qualquer opção de recusar uma colocação destas. Não há um espaço onde se possa por uma cruz no concurso de professores a dizer que não queremos ir para um local destes. Não é fácil dar aulas a miúdos destes e nós não temos qualquer preparação para isso. Muita gente não tem espírito para isso. Eu aguentei-me muito bem, mesmo assim. Mantive a sanidade. Mas tenho duas colegas que acabaram o ano a tomar antidepressivos e em terapia.

 

sinto-me: cansada
música: We don´t need no education
tags:
Domingo, 25 de Novembro de 2007

Porquê?? Porquê??

Por que é que o fim de semana passa a correr?  Porquê??

Nem acredito que amanhã já é 2º feira... e eu que não adiantei o trabalho que queria... Tanta coisa para organizar e para fazer e raios, já é 2ª feira...

 

Mas hoje, fui correr (melhor andar, que a minha preparação física não permite muitas aventuras...) para o estádio universitário, durante 2 horas e estava um sol radioso a bater-me na cara, enquanto sentia o arzinho frio na ponta do nariz e soube-me mesmo muito bem...  excepto a parte dos abdominais e das flexões que o meu colega de 60 anos, que me desafiou para este momento de work -out, me obrigou a fazer...  Já alguma vez foram batidos por um senhor com o dobro da vossa idade?? Pois, não é bom sinal da vossa forma física... já fiz o saco para amanhã ir ao ginásio!!

 

Amanhã faço um post mais maiorzinho... quero umas opiniões acerca de uma coisa que me aconteceu ontem.

Uma boa semana para todos.

 

sinto-me: a querer 1 fim de semana maior
Sexta-feira, 23 de Novembro de 2007

Toca a animar!!

Então, agora que já descomprimi a minha irritação com um cházinho enquanto escrevia o post anterior, está na hora de pôr uma música que me põe sempre mais bem disposta e que me faz sempre, mas sempre abanar o capacete... esteja no carro, na rua, numa discoteca, e em casa, tenho sempre de começar a dançar... a intensidade da dança é que varia com o local!! Além de que tenho muito boas recordações de adolescente e do primeiro namorado com esta música... ai, ai..quando isto tocava no polivalente do liceu das Caldas...

 

Portanto, toca a animar que hoje é 6ª feira!!  (hmm... acham que consigo um part-time na rádio comercial?!)

 

Quanto a mim... vou dançar para o tapete da sala!! Fazem-me companhia?

 

sinto-me: com vontade de dançar
música: Friday, i´m in love!
tags:

Grrr... TvCabo!!!!

Decidi desistir da tvcabo+netcabo, por achar que estava a pagar demasiado e que havia pacotes mais baratos. Optei pela artelecom. Quando fui a cancelar a assinatura, o senhor da tvcabo disse-me que podia baixar os preços para ficar semelhante ao que eu ia pagar na artelecom! Qual não é o meu espanto! Não vem anunciado nenhum pacote desses em lado nenhum, mas se a pessoa telefonar a dizer que vai desistir porque acha caro, eles baixam o preço!! Então, a minha pergunta é muito simples... Porque não fazer logo um pacote desses e divulgar?!!

No entanto, já tinha assinado com a artelecom, por isso não quis. Então, o senhor deixou de me dar todas as facilidades do mundo e passou a complicar. Tinha de enviar um fax com uma série de dados e fotocópia do bi, para o pedido de cancelamento ter efeito. Ok, envio amanhã. Sim, óptimo responde o senhor, mas ainda vai ter pagar mais dois meses. Fiquei danada! O quê? Sim, tem de enviar o fax até dia 15 (ou assim), para só contar o próximo mês. Relembro mentalmente que dia 15 tinha sido no dia anterior. Então, e se eu enviar ainda hoje, dia 16, não pode fazer com que só pague mais o mês que vem?  Não. Fiquei super-irritada. Senti-me mesmo a ser chulada!! Barafustei, argumentei, nada... não havia nada a fazer... só pagar! Lá me resignei. Na altura também me informei sobre como devolver o equipamento e disseram-me que podia embalar tudo nos ctt ou entregar numa loja tvcabo, depois de passar o último mês pago, sem prazo de tempo. perguntei se podia ser na loja que está na Loja do Cidadão de Sete Rios. Sim, sim, claro, qualquer loja ou atendimento.

Então, não é que ontem recebo uma carta toda oficial da tvcabo a dizer que tenho 5 dias úteis depois do término de contrato para entregar o equipamento e caso não o faça, tenho de o pagar? E querem saber o preço?? O total era 600 euros!! Vejam, só a powerbox era 250 euros! Acham normal?

Entrei num pânico e num estado de raiva! Hoje, após um dia muito cansativo, com muitas horas de trabalho, decidi ir a correr à Loja do Cidadão entregar o equipamento, para descargo de consciência, até porque nem sabia bem quando acabava o contrato. Chego lá... e não aceitam equipamentos!!! Em Lisboa, só no Forum Picoas, no Alvaláxia ou nas Amoreiras! Nem imaginam o esforço que eu fiz para me arrastar até lá, quando só me apetecia ir para casa... tentei convencer o rapaz (giro e simpático, por sinal, recomendo vivamente visitas a este posto de atendimento!) a aceitar o equipamento, até por que eu não sou daquelas que houve um não e arruma a viola, explicando que tinham dito no telefone que aceitavam, que tinha lá ido de propósito, que estava preocupada com o prazo dos 5 dias... não resultou. Mas disse-me para não me preocupar com isso, para ir entregar quando tiver tempo, sem stress, porque eles nunca fazem pagar o equipamento?? Até me sorriu de modo meio benevolente, do tipo coitadinha, que ingénua, por eu estar preocupada com isso!! Então, por que é que mandam a carta tão ameaçadora? Mas que raio de maneira de funcionar é esta?

Sinceramente, não dá vontade de ficar irritada?? grrr....

 

sinto-me: irritada
Quinta-feira, 22 de Novembro de 2007

Um desafio... cultural!!

Ok, hoje é um post muito breve porque já é tarde e amanhã entro às 8h...

 

Primeiro quero agradecer todos os comentários simpáticos que me têm deixado relativamente aos últimos posts. Mesmo aqueles que vocês acham que foram mais crus, não se preocupem, não levo a mal e acho que os amigos são para dizer as coisas como as pensam, não para concordarem cegamente comigo... Se fosse para isso falava com o espelho, não é? por isso, continuem assim, sinceros, que eu prometo que é o que farei também!

 

Segundo, vou só responder ao desafio que a minha amiga Existência me colocou.

O desafio é o seguinte:

 

1) pegar num livro próximo

tenho aqui dois na secretária...ah, mas não estou a considerar os livros de trabalho, porque assim tenho dezenas de manuais escolares de ciências mesmo ao lado! São o "Segredo" da Rhonda Byrne , que eu nunca mais acabo de ler (tenho aquilo desde o verão...) e o último do Harry Potter que eu comprei hoje (sim, eu leio o harry potter... aquilo é viciante!)

2) Abrir o livro na página 161

Hmm... já está... Bem o do harry potter só tem 603 páginas!  ( e tu aí, amiga Existência, com livros de 172 páginas, tss tss... )

3) Procurar a 5ª frase completa

4) Postar essa frase no blog

Do "Segredo" temos "Você é um iman de energia, por isso confere uma energia eléctrica a tudo o que vem a si, e confere a si próprio uma energia eléctrica para tudo o que quer." Pronto, estou aqui a incentivar o vosso pensamento positivo! Este blog faz-vos mesmo bem ao espírito!!

No Harry Potter podemos ler "Chega aqui." Lool... este livro é, sem dúvida, uma pérola da literatura!

5) Não escolher a melhor frase do livro

Então não se viu pela frase do Chega aqui, que foi o que eu fiz?!  :)

6) Passar este desafio a mais cinco bloguistas

Vou passá-lo aos meus amigos Gurosan, ao diáriodeumfrustrado, à Loira, à Lua_de_Sol e à Tg.

Vá, quero ver o que é que vos sai! 

 

 

sinto-me: com sono
tags:
Terça-feira, 20 de Novembro de 2007

Homens, raios!

Não era para vir aqui fazer este post... mas tive agora mesmo um telefonema, que tenho de mandar para fora.

 

Neste momento, estou numa pseudo-relação com o meu ex-namorado. Pseudo, porque desde que o F. decidiu terminar, já lá vão quase 8 meses, mantivémo-nos juntos, excepto que ele não quer assumir a relação. Diz que não consegue. Não é por não me amar, mas que isto de compromissos sérios é muito complicado para ele e como eu tenho outras expectativas (tipo, vivermos juntos), é um passo difícil de ele dar...

Ok, neste momento, vocês estão todos a achar que eu sou mesmo muito ingénua e que o F. me está a levar na conversa... é o que todos os meus amigos acham! Se ele me amasse tanto como diz, não corria o risco de me perder, nem tinha um problema tão grande em assumir pelo menos um namoro! Eu conheço bem o F. e sei que isto é muito estranho, diria mesmo, até estúpido, mas não duvido do que ele sente. Então, tenho feito das tripas, coração e desenvolvido em mim uma nova virtude... a paciência.  Quem me conhece, não me reconhece. Dizem que a velha M. nunca aceitaria uma situação destas, tanto tempo. É verdade. Mas sempre achei que eu e o F. tínhamos tudo para dar certo e não ía desistir assim, tão facilmente... (qualquer coisa que aprendi na minha relação com o A....).

Temos tido muitos altos e baixos, já tentei cortar de vez com ele, tivémos algumas semanas sem nos vermos, mas agora, até temos estado numa fase boa... daquelas em que eu me engano e penso que desta é que vai ser!

Então, agora mesmo, o F. telefona-me, pergunta se está tudo bem, respondo que sim, depois diz que está danado comigo, mas que não me vai dizer porquê e quer desligar o telefone. Fico de boca aberta...insisto, o que é foi? Resposta, não, não vou na tua conversa, não quero falar contigo hoje, se achas que não fizeste nada... Começo-me a irritar...acabo por perceber que é por eu não lhe ter ligado mais cedo. Explico-lhe que nem dei pelo tempo passar e que tenho estado enroscada no sofá a ver televisão, com frio.Não vale a pena, não quer ouvir. Diz que eu estou muito enganada, se penso que vou fazer estes joguinhos com ele. Acho a conversa tão surreal, que pergunto-lhe se ele está bebêdo. Diz que não vai deixar que eu o desvalorize com a minha conversa. Irrito-me, pergunto-lhe exactamente o que é foi, por que é que ele está a ser tão injusto comigo. Irrita-se, responde já nem sei o quê, desliga-me a chamada na cara e desliga mesmo o telefone!

Desatei a chorar...não consigo perceber o que é que aconteceu. Se foi por eu não lhe ter ligado, quantas vezes ele diz que me liga à noite e depois adormece e não liga? Quantas vezes não me telefona uma única vez o dia todo? E quando vai para casa da mãezinha?  Primeiro que diga qualquer coisa... E eu tenho paciência, quando fico chateada, digo-lhe e explico-lhe porquê e ele age assim? E reparem, ele nem sequer consegue assumir um namoro comigo!

Tenho estado aqui a chorar compulsivamente e penso que eu não mereço isto. Não mereço ser tratada assim. E não mereço que ele me faça sentir que a culpa é minha. Não fiz nada de tão grave... podia ter sido mais atenciosa, mas calhou hoje.. quando eu normalmente sou sempre querida, atenciosa, amorosa... Estou sempre do lado dele.Tenho-lhe dado imensas provas com a paciência e o carinho que vou tendo, nesta nossa situação complicada e indefinida. E ele age como um verdadeiro miúdo!! Por uma coisa de nada! (tou a supôr que tenha sido por eu não lhe ter ligado mais cedo, porque quando falámos ao final da tarde estava tudo bem).

 

De salientar, que o F. tem 34 anos!!! 34 anos...

 

 

Às vezes, penso que sou como aquelas senhoras que são maltratadas pelos maridos/companheiros e que dizem que não os conseguem largar... Nunca percebi como é que elas permitiam que lhes batessem e abusassem e secalhar eu estou igual...

 

sinto-me: angustiada e muito triste
música: Crying
tags: ,

.mais sobre mim

.Últimas...

. Eu quero, eu quero!!

. Quem é uma menina respons...

. É preciso ir-se ao médico...

. Estou a morrer...

. You are loved, don´t give...

. Sem comentários...

. Sem dúvida!!

. Regra básica: Os homens s...

. Cristovam Pavia

. Maio

.Junho 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
14
15
17
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.pesquisar

 

.tags

. todas as tags

.História

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

contador de visitas
contador de visitas