Quarta-feira, 14 de Novembro de 2007

O meu inquilino (2º episódio)

Estes quase dois meses (que parecem uma eternidade!) de partilha de casa com o G. têm sido pródigos em acontecimentos e situações inusitadas.

Houve uma semana, em que eu andei uma menina bem comportadinha e fui ao ginásio várias vezes (boa!! para justificar aquilo que pago, sempre convém...) e sempre que cheguei a casa repetiu-se a cena que vou passar a descrever.

 

Chego a casa e passados 5 minutos entra o G., de calções e t-shirt, todo transpirado. Diz-me que foi correr 30 min. à volta do quarteirão, para abater uns quilinhos. Eu estou na sala a comer qualquer coisa, enquanto vejo uma série qualquer da Fox ou do AXN. Ele entra na sala e põe-se aos pulos em cima do tapete, seja, entre a mim e a televisão e pergunta-me se está a incomodar (não, claro que não, o espectáculo que estou a ter na sala é bem mais interessante que aquilo que eu estou a ver na Tv!), ao que eu respondo, que ele  está no meio do meu campo de visão.

Chega-se para ao lado, sempre aos pulos e pergunta-me se me incomoda que ele esteja a fazer aquilo na sala (lembrem-se que ele estava todo transpirado!!), ao que eu respondo, de modo um pouco sarcástico "Não! Então, por que é que me havia de incomodar tu estares a espalhar gotas de suor pela sala toda?!".

Acho que nesta fase qualquer pessoa percebia, que secalhar era melhor ele ir fazer aquilo para o quarto, mas não o G., o G. é imparável!! O que é que ele faz? Ele ri-se e continua! Depois deita-se no chão, mete os pés de debaixo do sofá, na zona onde eu estava com a cabeça, e começa a fazer abdominais!! Enquanto sobe com a cabeça na minha direcção, pergunta "Estou-te a incomodar?" e eu respondo, novamente sarcástica "Não, só estás a sujar o tapete todo com o teu suor.". E ele ri-se! Ri-se! Eu acho que, pelos vistos não fui bem clara e acrescento "Pelo Natal, vou ter que te oferecer um daqueles tapetes para fazer exercício, que assim já não sujas o tapete." A resposta do G. é "Eu também não transpiro assim tanto...além do mais, o suor é natural!!" E ri-se.

 Isto não é normal, certo? Qualquer outra pessoa iria perceber o que eu estava a dizer, certo? Será que sou eu que não sou explícita?

No segundo dia, em que o G. fez isto, eu achei que, já que o sarcasmo não estava a funcionar, ía mesmo ser directa e disse-lhe "Fogo, G., ao menos vai buscar uma toalha!!". Conseguem imaginar a reacção dele, não conseguem?

Riu-se!! (sim, temos um padrão...ou secalhar é mesmo uma disfunção nervosa, tipo espasmo muscular!). E ignorou-me completamente, dizendo que era só mais 5 minutos, por isso não valia a pena!

 

Resultado: percebi que o G. só fazia isto quando eu ia ao ginásio, portanto deixei de ir ao ginásio ou não o deixava perceber quando ia! E não é que ele nunca mais foi correr?

 Boa, a minha sala está salva e eu posso começar a poupar em Karpex.

 

sinto-me: desesperada
música: Help!
tags:
publicado por M. às 19:49
link do post | Estavas a dizer... | favorito
|
12 comentários:
De Lua de Sol a 15 de Novembro de 2007 às 00:55
O G. não existe! A tua saga parece uma comédia trágica! Ri-me tanto a imaginá-lo a rir-se a cada dica tua... Começa a parecer-me que ele percebe mas que não está para aí virado! Será que ele não tem um blog com posts intitulados "A minha senhoria - take 1", "Aprenda a levar a sua avante fingindo que não percebe a senhoria - take 2"...???? Eheh! O moço é estranhoooo....

Beijocas e muita paciência
De M. a 15 de Novembro de 2007 às 21:03
Lol... Pois, às vezes parece mesmo que ele não sabe estar...e que não se toca ou, como disse a Pessoinha, não se quer tocar!
Se já é difícil para mim partilhar a casa, porque estou habituada a estar sozinha, assim ainda é pior.
Beijinhos.
De Lil a 15 de Novembro de 2007 às 14:40
esse G. queria um pano enxarcado no trombil... la por partilha a casa nao quer dizer que tenha de aromatizar o ambiente com o seu cheirinho a cebola...
De M. a 15 de Novembro de 2007 às 21:04
Pois...sabes como é...para o G. é um aroma natural, por isso não tem mal!! (até já faço slogans publicitários e tudo!) :)
Beijinhos
De Miss Pepper a 15 de Novembro de 2007 às 20:02
Olá M.!
Em primeiro lugar quero dar-te os parabéns pela tua paciência com o G.! Se fosse eu já me tinha passado. LOL!
Será que ele segue aquela máxima "mais vale cair em graça do que ser engraçadinho"? Ou será que se está a fazer ao bife a ti? Ou, última hipótese, é tótó de nascença? Continua com a tua paciência mas impõe-lhe uns limites... LOL!

Uma beijoka!
De M. a 15 de Novembro de 2007 às 21:06
Ainda bem que concordas comigo que eu ando a ser paciente...é que há quem me acuse de ter ser impaciente com ele e pouco tolerante! É bom sentir-me compreendida! :) Eu acho que é mesmo mais a opção do totó de nascença..
Beijinhos
De catia a 15 de Novembro de 2007 às 23:04
E eu a pensar que eu é que tinha vizinhos insuportáveis e que já aturei de tudo nesta vida com vizinhança... pelos vistos o terror, o horror, ainda não assombrou o meu lar...
Isto de viver com gente estranha tem muito que se lhe diga... ai tem, tem!
De M. a 16 de Novembro de 2007 às 18:38
Pois...o que tem de ser, tem muita força!! :)
Mas por acaso, com a vizinhança, n tenho tido muitos problemas..vantagens de um ultimo andar!
Beijinhos e és muito bem vinda! :)
De Tg a 16 de Novembro de 2007 às 22:35
Vá-lá...uma rezinha ao santinho dos inquilinos desprovidos de inteligência sarcástica. Como é que é possível?! Se fosse comigo acho que me teria levantado para buscar a dita toalha, dava-lha com o meu ar mais pretensioso dizendo: "É melhor usares isto, porque a tua produção de líquidos por mais natural que seja, está a deixar-me agoniada!!!"
Virava costas e voltava a sentar-me calmamente como se nada tivesse ocorrido, sem dar-lhe sequer a chance de retorquir.
Beijo
De M. a 17 de Novembro de 2007 às 17:10
Adorei a tua sugestão...realmente ando muito boazinha..ser um bocadinho arrogante e pretenciosa secalhar, neste caso, faz milagres!
Fica registado.
Beijinhos
De eu a 17 de Novembro de 2007 às 00:47
Cada uma com o seu G., são umas cruzes que temos de carregar!
Podias deixar assim espalhado pela sala livros com titulos sugestivos, tipo : O meu novo companheiro de quarto; Como eliminar o meu hóspede; sete formas de aniquilar sem barulho elementos incomodos; Gente estranha, como conviver; viver a dois para Totós! Posso arranjar-te mais titulos :)
jokas
De M. a 17 de Novembro de 2007 às 17:13
Lololol...ou então Dia a dia com um totó e sobreviva.. Mas eu acho que pelo Natal vou-lhe oferecer o livro da Paula Bobone...sinceramente, neste momento, o livro parece-me bastante útil!!
Beijinhos

Comentar post

.mais sobre mim

.Últimas...

. Eu quero, eu quero!!

. Quem é uma menina respons...

. É preciso ir-se ao médico...

. Estou a morrer...

. You are loved, don´t give...

. Sem comentários...

. Sem dúvida!!

. Regra básica: Os homens s...

. Cristovam Pavia

. Maio

.Junho 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
14
15
17
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.pesquisar

 

.tags

. todas as tags

.História

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

contador de visitas
contador de visitas